top of page

Residências de Criação Artística e Literária à obra da escritora Sarah Beirão

Está de volta o projeto Dois Pontos: Residências de Criação Artística e Literária.


Depois de explorar a obra da escritora Sarah Beirão através de Fotografia e Arte Urbana, a edição de Escrita Literária é dedicada a Eça de Queirós e decorre na Biblioteca Pública Municipal João Brandão até ao próximo dia 12 de Setembro. O artista residente é Ricardo Fonseca Mota, autor dos romances As aves não têm céu (recentemente eleito semifinalista do Oceanos – Prémio de Literatura em Língua Portuguesa) e Fredo (vencedor do Prémio Literário Revelação Agustina

Bessa-Luís, em 2015). O escritor tabuense está a trabalhar com um grupo de jovens desde o início da semana, ajudando-os a descobrir alguns processos da escrita de ficção enquanto constroem um olhar diferente sobre a obra singular de Eça de Queirós.


O projeto é direcionado para jovens do concelho de Tábua entre os 14 e 20 anos, apoiado pelo Plano Nacional de Leitura através do Movimento 14-20 a ler, e desenvolvido em parceria entre o Agrupamento de Escolas de Tábua, a Câmara Municipal de Tábua, a Gambiarra Associação Cultural e a escola profissional EPTOLIVA.


As próximas residências serão dedicadas a Banda Desenhada, Teatro e Cinema.



22 visualizações

Comments


bottom of page