top of page

PREVENÇÃO | Região centro em risco muito elevado de incêndio rural nos próximos dias

O alerta é lançado pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e IPMA, que coloca vários distritos em risco muito elevado de incêndio rural.


De acordo com a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para os próximos dias, prevê-se tempo quente e seco, com condições favoráveis ao incremento do risco de incêndio rural.


As condições meteorológicas apontam para temperaturas a rondar os 30 e os 35 graus.


A Autoridade Nacional de Emergência de Proteção Civil recorda que durante o PERÍODO CRÍTICO, até 30 setembro é:


− PROIBIDO fazer Queimadas Extensivas SEM AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua câmara municipal ou pelo 808 200 520. − PROIBIDO utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural salvo se, usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados, para o efeito. − PROIBIDO fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais. − PROIBIDO lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da câmara municipal. − PROIBIDO fumigar ou desinfestar apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas. − PROIBIDO usar motorroçadoras (exceto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadores nos dias de Risco Máximo. Evite o uso de grades de discos. − OBRIGATÓRIO usar dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa nos veículos de transporte pesados e 1 ou 2 extintores de 6 Kg, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas.



A ANEPC apela assim à tolerância zero para o uso do fogo nos espaços florestais.



42 visualizações

Comments


bottom of page