top of page

MUNICÍPIO DE ARGANIL APELA AO GOVERNO PELA NÃO CONSTRUÇÃO DA MINI-HÍDRICA NO RIO ALVA

Em conferência de imprensa realizada hoje, Luís Paulo Costa, presidente da Câmara Municipal de Arganil, deixou um forte apelo ao Governo para travar a construção da mini-hídrica do Vale das Botas, no rio Alva.

"É um projeto danoso para o território, que não queremos no nosso concelho, pelo impacto negativo que terá a todos os níveis: ambiental, ecológico, patrimonial. A nossa pretensão é que o Governo colabore connosco e o faça parar. Parece-nos que não é sensato que se possam vender os interesses de um concelho por uma bagatela, porque é disso que estamos a falar. O valor recebido pelo Estado com este projeto é de 800 mil euros", disse o presidente da Câmara, que teve ao seu lado neste protesto o presidente da Junta de Freguesia de Secarias, António Souto, e o presidente da União das Freguesias de Côja e Barril do Alva, João Tavares.


Texto e Foto: CMArganil

164 visualizações

Comments


bottom of page