top of page

Mesmo com a chuva os motores fizeram barulho no Rally de Tábua e Oliveira do Hospital

Este fim de semana, dia 6 e 7 de abril as atenções centraram-se no Rally de Tábua e de Oliveira do Hospital, que mostrou emoção e muita adrenalina.

Não é a chuva que impossibilita a organização da Escuderia Castelo Branco e o MK Mákinas, de anularem a prova. É certo, que os motores se fizeram ouvir. O Rali contou com uma Street Stage na cidade de Oliveira do Hospital e uma Super Especial noturna no centro da Vila de Tábua, provas pontuáveis para o Desafio Kumho 2019.


Todo o percurso desenrolou-se em três provas especiais de classificação com dupla passagem nas zonas de São João da Boavista, Candosa, Oliveira do Hospital, Covas e Midões. Este evento contou com uma lista de inscritos com cerca de 40 pilotos.


Como anuncia a "autosport":


"À partida desta prova, André Cabeças era o líder com sete pontos de vantagem sobre Fernando Teotónio. Gonçalo Figueiroa era terceiro Uma lista de inscritos com cerca de 40 pilotos, fazia-se notar a ausência do líder do campeonato, André Cabeças. Assim, Fernando Teotónio tinha a oportunidade de passar para a frente do campeonato. António Dias também participou neste rali, mas a sua classificação não contava para o Campeonato Centro.


O piloto do Skoda Fabia R5 teve uma falha mecânica e não conseguiu terminar o rali. Fernando Teotónio (Mitsubishi Lancer Evo IX) com a possibilidade de saltar para a frente do campeonato não deu hipóteses a ninguém. O seu rival mais próximo foi Fernando Peres (Mitsubishi Lancer Evo IX) que apesar de uma penalização na segunda passagem pela especial de Tábua, recuperou e chegou ao segundo lugar. Na terceira posição seguia Armando Carvalho (Mitsubishi Lancer Evo V).


À partida para as especiais da tarde, Fernando Teotónio tinha uma vantagem de cerca de um minuto sobre Fernando Peres. O ex-campeão nacional teve problemas mecânicos na primeira classificativa, acabando por desistir. Assim, Armando Carvalho herdava a segunda posição. No terceiro lugar estava agora Luís Mota (Mitsubishi Lancer Evo VI). Mais nada aconteceu e Fernando Teotónio garantiu a primeira vitória da época no Campeonato Centro de Ralis. No Desafio Khumo Terra, Teotónio também foi o vencedor, seguido de Armando Carvalho. No lugar mais baixo do pódio ficou Carlos Valentim (Mitsubishi Lancer VIII MR)."


Foto: Notícias Meda de Mouros


44 visualizações

Comments


bottom of page