top of page

CULTURA | Candosa, a terra de oleiros que revive tradições e trabalhos antigos

Em Candosa, terra de oleiros, houve muitos artesãos da produção de artigos de barro como cântaros, bilhas que mantinham a água fresca, vasos e muitos outros.


A MourosTV foi conhecer o trabalho dos Oleiros, para além de moldadores de barro, assim também era extraído de certas zonas onde abundava, era tratado, modelado habilmente numa roda manual, movida com a força dos pés e depois cozido em fornos de lenha. Antigamente era a pé, à cabeça das mulheres, ou com carroças puxadas por burros ou mulas, que se deslocavam para as feiras, algumas bem distantes, para vender os artigos resultantes dessa arte, que era também a sua forma de subsistir.


Atualmente vivem em Candosa dois irmãos, Abílio e Manuel Fonseca, os últimos oleiros, que podem transmitir aos mais jovens os seus conhecimentos, como foi o caso no passado Verão, de uma iniciativa com crianças e jovens de Arganil.


Está pensado instalar uma roda a funcionar no Centro Cultural e Recreativo de Candosa, bem como construir um forno no parque, para que a olaria não se perca. A pandemia tudo veio condicionar. Desejamos longa vida aos oleiros, de forma a conseguirem transmitir os ensinamentos e interessar novas gerações para esta arte.


Artigo: MourosTV

Foto: Arquivo MourosTV


239 visualizações

Kommentare


bottom of page