top of page

ANCOSE ajuda criadores na reposição de ovelhas perdidas no grande incêndio

Jorge Ribeiro, com 26 anos, de Percelada, no concelho de Tábua foi um dos criadores de ovinos Serra da Estrela que foi contemplado com borregas entregues pela Associação Nacional de Criadores de Ovinos Serra da Estrela (ANCOSE). Desde o grande incêndio de 15 de outubro, a Associação está empenhada em repor o efetivo de ovinos Serra da Estrela que morreu no fogo.

À data do incêndio, o jovem pastor contava com 148 ovelhas no seu rebanho. Perdeu 109 cabeças entre cordeiros e ovelhas adultas”. Mas, Jorge Ribeiro não desistiu. “Tenho feito recria e o Centro de Recria da Ancose tem ajudado bastante. Tenho comprado algumas ovelhas já produtoras. As de recria demoram pelo menos dois anos a produzir leite”, afirmou à Rádio Boa Nova. Agora, volvido mais de um ano, Jorge Ribeiro já está a reencontrar a normalidade, estando “quase a chegar ao efetivo que tinha”.

Carlos Dias, de 45 anos, e natural de Ervedal da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, viu o seu rebanho de 108 animais reduzido a apenas dois animais. Também não desistiu da atividade. “Tenho comprado”, referiu à Rádio Boa Nova o criador que prestes a receber as borregas da ANCOSE disse que o seu sentimento “é o mesmo de sempre”, reconhecendo porém que “sempre é uma ajuda”. Para o pastor o pior período já terá passado, até porque “já vai havendo muitos alimentos” para alimentar os animais.


A Jorge Ribeiro e Carlos Dias juntaram-se outros produtores que foram chamados à ANCOSE para receber novas borregas, cerca de 200, e assim se repor o efetivo animal que ardeu no grande incêndio. Na presença de responsáveis da Direção Geral da Agricultura, Direção Geral de Alimentação e Veterinária, Grupo Jerónimo Martins e Associação Força da Natureza, o presidente da ANCOSE, Manuel Marques mostrou-se grato pelo apoio dado por todas as entidades, em particular o Ministério da Agricultura, que com a sua dádiva veio permitir a reposição do efetivo animal ardido de raça bordaleira. O dirigente mostrou-se ainda preocupado com os produtores que perderam animais, mas que não faziam contraste leiteiro. “Quem sabe se com a nossa reposição eles possam vir e colaborar nesse setor”, afirmou confiante.


Texto e Fotografia: Rádio Boa Nova



34 visualizações

Comments


bottom of page